Bem Estar

Brasil é 31º em ranking de bem-estar de idosos

Data de Atualização: 16 de outubro de 2013
Redação ConsultaClick | Bem Estar

O bem estar e a qualidade de vida da população da terceira idade dependem de alguns fatores importantes como: ambiente social, saúde pública, garantia de renda, emprego e educação.

O levantamento Global AgeWatch Index 2013, realizado pela ONG HelpAge International, que luta pelos direitos dos idosos, determinou o ranking dos países em que a população acima dos 65 anos vive melhor. O Brasil ficou na 31ª posição. O primeiro lugar foi ocupado pela Suécia.

Como foram estabelecidas as notas?

ranking_1

A pesquisa foi feita com base em dados de 13 diferentes indicadores relativos a quatro áreas consideradas essenciais. São elas: garantia de renda, saúde, emprego e educação e ambiente social. Os países receberam notas que variaram de zero (mínima) a cem (máxima), em cada um desses quesitos. Foi a média destas notas que estabeleceu a posição no ranking geral.

O Brasil

ranking_2

Nosso país obteve uma média de 58,9 pontos. O estatuto do idoso, adotado em 2003, teve influência positiva na nota e recebeu elogios. O quesito “Emprego e Educação”, que analisou o grau de instrução dos idosos e o número de pessoas entre 55 e 64 anos empregadas, foi a pior avaliação do Brasil.

A categoria “Garantia de Renda” foi o melhor desempenho do Brasil, ocupando a 12ª posição mundial. Foram levadas em consideração as transferências de renda implementadas pelo governo brasileiro como uma medida que ajuda a diminuir a desigualdade social.

Veja o ranking parcial do Global AgeWatch Index 2013

ranking_3

1º – Suécia

2º – Noruega

3º – Alemanha

4º – Holanda

5º – Canadá

6º – Suíça

7º – Nova Zelândia

8º – Estados Unidos

9º – Islândia

10º – Japão

31º – Brasil

91º – Afeganistão

Comentários

  1. […] Brasil. Não a toa, o país ficou em 7º lugar em ranking de bem estar de idosos  no levantamento “Global AgeWatch Index 2013″, realizado pela ONG HelpAge […]