Mulher

Especial Outubro Rosa: Mamografia auxilia no diagnóstico precoce de câncer de mama

Data de Atualização: 25 de outubro de 2016
Redação ConsultaClick | Mulher, Saúde

Outubro Rosa é o mês de conscientização e combate ao câncer de mama. Durante estes 30 dias a comunidade médica, sociedade e governo se unem para destacar a importância da prevenção da doença.

Você sabia que a mamografia, de acordo com o Ministério da Saúde, por proporcionar um diagnóstico mais precoce, reduz em 30% as mortes por câncer de mama? Além da mamografia, o autoexame é importantíssimo para a detecção de anormalidades ou caroços nas mamas.

O que é e como é feita a mamografia?

exames_1

Mamografia é um tipo especial de radiografia capaz de detectar alterações na mama, muitas vezes, antes que a paciente ou o médico possam palpar. O aparelho que faz o exame é chamado de mamógrafo, uma variante do aparelho comum de raios X.

A paciente deverá ficar de pé adiante do mamógrafo, o exame é feito com a compressão das mamas, uma de cada vez tanto no sentido vertical como no horizontal.

O uso de creme, desodorante, perfume ou talco no dia do exame não é recomendado. Os produtos podem deixar resíduos que prejudicam a captação das imagens.

O exame pode provocar alguma dor ou desconforto, por isso evite realizá-lo durante o período menstrual, quando as mamas estão mais inchadas e sensíveis. Quem tem prótese de silicone nos seios também deve fazer a mamografia. Lembre-se apenas de avisar o técnico para que ele tome as medidas necessárias.

Autoexame

exames_2

O autoexame é parte importante na detecção precoce do câncer de mama. É legar fazer todos os meses, sempre de sete a 10 dias após o início do ciclo menstrual. Quem tem mais de 40 anos deve fazer com mais frequência. Lembre-se: o autoexame não substitui a exame médico das mamas.

Você sabe como fazer o autoexame? Veja na imagem abaixo, clique sobre ela para ampliá-la.

autoexame

Exame Clínico das Mamas (ECM)

exames_4

O exame clínico das mamas é parte importante na prevenção de mortes causadas pela doença. O procedimento pode ser realizado por médicos ou enfermeiros. Em alguns casos, é possível detectar tumores de até um centímetro.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a eficiência do teste varia de 88% a 96% em mulheres com idade entre 50 e 59 anos. Em faixa etária de 40 e 49 anos as chances de detectar o tumor é de 71%.

Quando a mulher deve começar a fazer os exames?

exames_3

Segundo o MS, mulheres acima dos 40 anos devem fazer anualmente, pelo menos, um exame em consultório médico. Já as mulheres com mais de 50 anos precisam, além do exame clínico, realizar a mamografia todos os anos, mesmo que não tenham sintomas da doença.

Prevenção

exames_5

Para prevenir o câncer de mama e outras doenças, tenha uma alimentação saudável, pratique exercícios com moderação e vá ao ginecologista regularmente. Cuide-se bem.